Fundação BIAL lança prémio na área da biomedicina no valor de 300 mil euros

Data: 2018-11-30

A Fundação BIAL lançou oficialmente a primeira edição do BIAL Award in Biomedicine, um prémio no valor de 300 mil euros, destinado "a reconhecer uma obra de grande qualidade e relevância científica na investigação biomédica em todo o mundo", publicada após 1 de janeiro de 2010.

O BIAL Award in Biomedicine vai ser atribuído a partir do próximo ano e terá caráter bianual. De acordo com um comunicado, "o objetivo do prémio é estimular as tendências atuais da Saúde, que preconizam a ligação entre a biologia, a genética e a medicina, e sua relação com fatores ambientais, e a personalização de tratamentos e estratégias terapêuticas". Este prémio visa também reforçar o trabalho da Fundação BIAL na promoção de uma maior aproximação entre a investigação básica e a clínica.

O vencedor será escolhido por um Júri independente composto por 14 elementos e presidido por Fernando Lopes da Silva, Professor Emérito da Universidade de Amesterdão e coordenador científico do programa de Engenharia Biomédica do Instituto Superior Técnico. Inclui membros designados pelo European Research Council, Conselho de Reitores das Universidades Portuguesas, European Medical Association, Conselho Científico da Fundação BIAL, antigos vencedores do Prémio BIAL e editores do jornal Lancet e do Journal of the American Medical Association (JAMA).

O Professor Fernando Lopes da Silva, presidente do júri, afirma que "este novo e singular Prémio vai distinguir o que de mais notável está a ser feito na área biomédica". Na sua opinião, "os membros do júri vão ter uma tarefa muito desafiante e estão muito motivados para começar a analisar trabalhos".

O Prof. Doutor Luís Portela, presidente da Fundação BIAL, adianta que "é com grande satisfação que a Fundação BIAL lança este prémio" que resume o compromisso no reconhecimento e promoção da investigação científica publicada nos últimos anos.

O BIAL Award in Biomedicine tem o Alto Patrocínio do Presidente da República, do Conselho de Reitores das Universidades Portuguesas e da European Medical Association.

O vencedor da primeira edição do BIAL Award in Biomedicine será conhecido no primeiro trimestre de 2020.

Voltar ao menu anterior